Tag: artes marciais

Ano Novo Chinês chegando!

O Ano do Tigre de Metal tende a ser um ano dinâmico e expansivo, porém com resultados um tanto imprevisíveis. De um lado teremos a energia do metal que na visão oriental pode representar o ouro ou a espada. Como ouro simboliza a prosperidade e interação entre as pessoas. Como espada pode se tornar terrível e destrutivo. De outro lado teremos as características do signo animal Tigre: independente, autoconfiante, imprevisível, radical, apaixonado, excêntrico, que adora os desafios e persegue os seus ideais e interesses com muita determinação, atropelando o que estiver na frente. Sob essas energias, no ano do Tigre de Metal, as pessoas estarão mais imediatistas e arrojadas, em busca da própria realização. Tenderão a agir ao seu próprio modo, correndo riscos e desafiando as regras. A rebeldia estará no ar. Será um ano de novas tendências com muitas inovações e um toque de excentricidade, aonde as respostas para os problemas virão através de idéias não convencionais. O momento será favorável para renovar e injetar novo ânimo aos negócios e empreendimentos.  (Teresa Kam Teng)

Ainda não é Ano do Tigre (começa no Valentine’s Day, dia 14 de fevereiro, Lua Nova), mas já estou escrevendo porque a comemoração em São Paulo foi mais cedo. Espero que todos tenham podido prestigiar a festa na Liberdade!

Para quem não sabe, como eu era praticante de kung fu, todo ano estava lá empolgada e correndo de um lado pro outro para ajudar o pessoal da nossa academia de artes marciais – Núcleo 7 Esferas do Tao. Eu não sei se fiz um post sobre kung fu já, acho que não, mas eu tenho clara noção do quanto o kung fu é uma arte marcial maravilhosa e do quanto eu admiro o pessoal da academia. É incrível como na expressão e vivência de uma arte marcial as pessoas conseguem evoluir, se esforçar, criar disciplina e muitas virtudes, cuidar da saúde e da energia e expressar sua própria arte. É algo muito completo e leva toda a vida. Recomendo. Para quem quiser ver algumas das apresentações, clique aqui.

Bom, depois de toda propaganda (eu realmente amo artes marciais, mesmo não praticando por enquanto), desejo a todos muita consciência e boas escolhas no ano novo que se inicia.

"Jump! Jump! Jump on the tiger..." (citação a Holy Diver rsrsrs)

As Artes Marciais…

Eu ando meio sem assunto, mas hoje vou comentar um pouco de artes marciais. Este fim de semana está acontecendo o Campeonato Mundial de Kendo e por sorte este ano foi no Brasil. Eu não manjo absolutamente nada de kendo, mas resolvi ir lá para torcer pela Kyoko, pelo Brasil e acompanhar o Fau.

Confesso que realmente não tenho olho para enxergar os super ataques dos atletas, mas foi muito divertido. Como sou leiga no assunto, não esperem grandes comentários, mas me deu uma saudade absurda de fazer artes marciais. Eu assisti apenas as lutas femininas e fiquei bastante admirada com as exigências e peculiaridades do kendo. Por um lado, ok, não há espaço para firulas e criações incríveis como no kung fu. Você não fica imaginando que está pegando nas bolas do oponente, acariciando a fênix, tecendo linhas douradas, tocando sinos, etc. Mas é preciso vencer todos os medos e ir para o ataque, no matter what. Precisa de muito foco, concentração, agilidade, energia e muito f***-se. Tem que aguentar muito grito do oponente na cara, muita porrada de graça para todos os lados, cair no chão, empurra empurra e ainda assim ir sempre pro ataque, com precisão, força e energia. Acho que o kendo exige um psicológico forte, uma perseverança e uma presença muito grandes. Gostei muito. Fiquei com vontade de fazer, mas com certeza esse não é o tipo de atividade que vc decide fazer de repente e larga de repente se não quiser. O material é caro, o caminho é bem longo e precisa realmente querer muito.

Bom, muitos parabéns para a equipe feminina brasileira, que ficou em terceiro lugar, apenas perdendo para a equipe japonesa e koreana, que são absurdamente boas. E para quem está procurando uma arte marcial, recomendo muito o kendo.