Vamos falar sobre nosso lado mais agressivo

Você já notou como as pessoas se transformam no trânsito? E você também já notou o quanto algumas pessoas ficam agressivas e raivosas nas redes sociais? Então, vamos falar sobre a nossa “sombra”.

pateta

Sombra, em psicologia analítica, refere-se ao arquétipo que é o nosso ego mais sombrio. É, por assim dizer, a parte animalesca da personalidade humana. Para Carl Gustav Jung, esse arquétipo foi herdado das formas inferiores de vida através da longa evolução que levou ao ser humano. A sombra contém todas aquelas atividades e desejos que podem ser considerados imorais e violentos, aqueles que a sociedade, e até nós mesmos, não podemos aceitar” (do Wikipedia)

Nos últimos tempos eu andei pensando por que o mundo parece estar desandando. Na verdade ele não está desandando. Cheguei à conclusão de que o mundo é o mesmo, a diferença é que hoje em dia tudo que você faz ou deixa de fazer está nas redes sociais. Todas as mentiras, meias verdades, tristezas, decepções, baixarias estão na nossa cara o tempo todo. Sem filtro, sem poupar ninguém. As pessoas postam notícias e comentários no Facebook sem checar se aquilo é verdade, se está maliciosamente deturpado. Sem se importar se tem um cachorro dilacerado ou uma criança faminta. Cadê o filtro das pessoas?

O mundo não está pior, gente. As pessoas não estão piores. Pedofilia, atrocidades, mortes, preconceitos, bullying sempre houve. Para mim, o que acontece é que as pessoas perdem a noção e o medo na internet. Elas não têm medo de ser julgadas, recriminadas, punidas. Não têm medo das consequências. Isso acaba liberando a “sombra” das pessoas. A sensação de estar atrás da tela do computador dá uma falsa sensação de “proteção” e “blindagem”: “há, posso falar e fazer o que eu quiser!!!” É mais ou menos o que acontece com as pessoas dentro de seus carros confortáveis. As pessoas se transformam dentro dos carros: viram bichos, competidores, assassinos, babam, gritam, xingam, tentam matar ciclistas e pedestres. Entendo que os carros dão uma sensação de  “proteção”, “blindagem” e “invencibilidade” que tornam tudo liberado. Não é à toa que muitas pessoas adoram carros gigantes: mais sensação de poder. Mais sensação de proteção e invencibilidade (que elas não possuem nas suas vidas diárias). E daí está explicado por que todo mundo odeia ciclistas: existe ser humano mais frágil, mais pelado do que um ciclista? Para algumas pessoas é irritante ver alguém andando de boa sem armadura e sem proteção. Coisa de gente metida a corajosa demais! [nota: isso ajuda a entender o significado da famosa “Pedalada Pelada”. Não é um bando de gente pervertida se exibindo. É gente de verdade mostrando a fragilidade das pessoas que optam por um meio de transporte mais “pelado”, mais exposto]

Enfim, isso tudo para dizer que muitas pessoas têm o seu lado sombrio totalmente inconsciente e sem controle. Isso mostra por que uma boa psicoterapia ajudaria muitas pessoas, de todos os tipos (não, psicoterapia não é só para depressivos e pessoas fracas, como muitos defendem). É extremamente importante entender certos sentimentos, desejos, raivas que estão reprimidos. Se você não entende o que está aí dentro, uma hora isso vai explodir da maneira mais errada e no momento mais inapropriado. Você vai explodir com seu cachorrinho, vai gritar com seus filhos. Ou vai passar de carro por cima de um pedestre ou do seu chefe. Autoconhecimento é tudo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s