Mês: fevereiro 2010

You don’t need it now… don’t need it now

“Não possuir algumas das coisas que desejamos é parte indispensável da felicidade”. (Bertrand Russell)

“I’m designed to feel slightly dissatisfied!” (Jesse)

Bom, o pensamento da semana é esse aí, em relação ao nosso estado eternamente insatisfeito.  Assisti finalmente o “Before Sunset”, que eu queria tanto ver e gostei bem mais desse do que do “Before Sunrise”. Na verdade, gosto de coisas diferentes nos dois filmes, eu prefiro ignorar as coisas ruins e sentir as coisas legais que dá pra sentir nos filmes. Mas o que ficou na cabeça foi essa frase do Jesse, porque eu me sinto assim sempre. Eu vivo reclamando de tudo e querendo sempre mais! Nunca fico satisfeita. Por um lado é muito bom estar sempre correndo atrás de algo, mas o problema é viver resmungando e não saber valorizar as trilhões de coisas que nós já temos e já somos. Daí vem o conceito de gratidão, humildade e o que o Bono Vox fala na música “Beautiful Day”: “What you don’t have you don’t need it now… don’t need it now… It’s a beautiful day!”. Essa música é muito boa, fala tudo. E essa frase conecta direto com aquela outra “LIFE ISN’T ABOUT WAITING FOR THE STORM TO PASS, IT’S ABOUT LEARNING TO DANCE IN THE RAIN”. Não importa que não temos tudo que queremos agora. Nem adianta ficar esperando alguma coisa chegar ou passar ou melhorar. Conclusão, “Do what you can, where you are with what you have.” (Roosevelt)



Você quer mudar o mundo?

Eu sei que eu deveria ser a pessoa que escreve os textos do meu próprio blog, mas tem dias que eu realmente gosto mais de colocar textos para reflexão. No último mês eu tenho ficado tão envolvida com o mundo material, com a preocupação de conseguir trabalho e organizar minha vida que tenho esquecido de coisas mais importantes. Isso não é saudável… Bom, inspirada nisso, ontem consegui largar um pouco o computador e sair correndo para o Curso de Gnose, que de alguma maneira sempre ajuda a lembrar do que importa mais. Daí vem a vontade de colar o trecho abaixo, que acho interessante. Lembra a frase famosa do Gandhi: “You must be the change you wish to see in the world”. Bom proveito!

Transformando o Mundo e a Si Mesmo

(…)

Aceitar a sua responsabilidade irá transformá-lo e a sua transformação é o começo da transformação do mundo — porque você é o mundo. Seja lá o quão pequeno for, um mundo em miniatura, mas você carrega todas as sementes.

Se a revolução acontece em você, ela carrega a revolução para o mundo todo.

“Você é o mundo” não está dizendo apenas para você, está dizendo para todo mundo: Você é o mundo. Se você quiser mudar o mundo, não comece mudando o mundo — essa é a maneira errada que a humanidade tem seguido até agora: Mude a sociedade, mude a estrutura econômica. Mude isso, mude aquilo. Mas não mude o indivíduo.

Essa é a razão pela qual todas as revoluções falharam. Somente uma revolução pode ser bem sucedida, o que não foi tentado até agora — e essa é a revolução do indivíduo.

Mude você mesmo.

Esteja alerta para não contribuir com qualquer coisa que torne o mundo um inferno. E lembre-se de contribuir com alguma coisa para o mundo que o torne um paraíso.

Esse é todo o segredo de uma pessoa religiosa. E se todas as pessoas começam a fazer isso, haverá uma revolução sem qualquer derramamento de sangue.” (Osho)


Escolhas

Como estou com pouca inspiração para escrever vou colocar um textinho que uma amiga muito querida me mandou por e-mail. Ele fala daquilo que nós sabemos mas esquecemos. Que tudo que acontece, tudo que temos e somos é nossa escolha. Quando você realmente toma uma decisão, aquilo tem um peso muito grande. O meu problema é que costumo ser loucamente indecisa. Mas de qualquer forma, algumas escolhas eu tenho muito certas para mim. Desejo mais boas escolhas pra todo mundo!

“Você é o resultado das suas escolhas. Peter Mason

Você pode se ressentir da quantidade de trabalho que tem à sua frente ou você vai se envolver nesse trabalho e usá-lo como uma magnífica oportunidade de criar um grande valor. Você pode examinar cada retrocesso como uma punhalada fatal sobre os seus sonhos ou você pode aprender com os altos e baixos e assim ver acontecer as realizações dos seus sonhos se tornarem muito mais valiosa em função dos desafios que você teve que enfrentar.

Você pode decidir em sua mente que está todo mundo querendo te apanhar e se retirar para uma vida de sustos e temores ou você pode se lançar em meio ao confuso, embaralhado, empolgante e gratificante mistura que cada momento lhe traz e assim encontrar um real tesouro nisso tudo.

Você pode se sentar, esperar, reclamar e convencer a si mesmo que as coisas nunca irão melhorar ou você pode entusiasticamente fazer da vida – pela graça de Deus – o melhor que você possa. Em todo o tempo, em qualquer situação, você sempre tem uma escolha. Que essa escolha possa refletir uma profunda gratidão por tantas coisas boas que já aconteceram na vida hoje. A escolha é sempre sua!”

Ano Novo Chinês chegando!

O Ano do Tigre de Metal tende a ser um ano dinâmico e expansivo, porém com resultados um tanto imprevisíveis. De um lado teremos a energia do metal que na visão oriental pode representar o ouro ou a espada. Como ouro simboliza a prosperidade e interação entre as pessoas. Como espada pode se tornar terrível e destrutivo. De outro lado teremos as características do signo animal Tigre: independente, autoconfiante, imprevisível, radical, apaixonado, excêntrico, que adora os desafios e persegue os seus ideais e interesses com muita determinação, atropelando o que estiver na frente. Sob essas energias, no ano do Tigre de Metal, as pessoas estarão mais imediatistas e arrojadas, em busca da própria realização. Tenderão a agir ao seu próprio modo, correndo riscos e desafiando as regras. A rebeldia estará no ar. Será um ano de novas tendências com muitas inovações e um toque de excentricidade, aonde as respostas para os problemas virão através de idéias não convencionais. O momento será favorável para renovar e injetar novo ânimo aos negócios e empreendimentos.  (Teresa Kam Teng)

Ainda não é Ano do Tigre (começa no Valentine’s Day, dia 14 de fevereiro, Lua Nova), mas já estou escrevendo porque a comemoração em São Paulo foi mais cedo. Espero que todos tenham podido prestigiar a festa na Liberdade!

Para quem não sabe, como eu era praticante de kung fu, todo ano estava lá empolgada e correndo de um lado pro outro para ajudar o pessoal da nossa academia de artes marciais – Núcleo 7 Esferas do Tao. Eu não sei se fiz um post sobre kung fu já, acho que não, mas eu tenho clara noção do quanto o kung fu é uma arte marcial maravilhosa e do quanto eu admiro o pessoal da academia. É incrível como na expressão e vivência de uma arte marcial as pessoas conseguem evoluir, se esforçar, criar disciplina e muitas virtudes, cuidar da saúde e da energia e expressar sua própria arte. É algo muito completo e leva toda a vida. Recomendo. Para quem quiser ver algumas das apresentações, clique aqui.

Bom, depois de toda propaganda (eu realmente amo artes marciais, mesmo não praticando por enquanto), desejo a todos muita consciência e boas escolhas no ano novo que se inicia.

"Jump! Jump! Jump on the tiger..." (citação a Holy Diver rsrsrs)