Mês: dezembro 2009

Feliz Solstício de Verão!

Wishing you a rainbow
For sunlight after showers—
Miles and miles of Irish smiles
For golden happy hours—
Shamrocks at your doorway
For luck and laughter too,
And a host of friends that never ends
Each day your whole life through!

Hoje é dia de Midsummer, ou seja, solstício de verão aqui no hemisfério Sul (apesar de termos neve nas vitrines e árvores de natal, aqui é verão!). Então, para quem celebra, feliz solstício! E para quem não celebra, assistam o filme A Midsummer Night’s Dream, para entrar no clima, que é um filme ótimo e tem uma trilha sonora maravilhosa.

Anúncios

I’ve eaten the sun so my tongue has been burned of the taste

Tem dias que eu realmente não sei o que fazer com os meus pensamentos malucos. O resultado é uma mistura de mau humor com raiva, não sei bem explicar. Eu definitivamente não ando super normal e nem sei explicar por quê. A única coisa que sei é que preciso de algum jeito para liberar a energia que está presa, talvez extravasar a agressividade e ansiedade acumuladas por razões desconhecidas. Nesse aspecto, o kung fu era muito útil. Ou o sanshou. Acho que ia realmente fazer bem pra mim. Mas voltar a fazer essas coisas implicam outros problemas. Precisava de uma solução bem simples. Alguém tem alguma sugestão? O que você faz quando você tem vontade de socar o mundo?

Mulheres Machas Pulando no Tigre

“Jump! Jump! Jump on the tiger! You can feel his heart but you know he’s mean!”

Esse título é o resumo daquilo que eu não consigo ser e que está pondo fim na quase-vocalista da quase-banda que eu estava cogitando. Vamos falar um pouco do meu histórico.

Eu adoro Heavy Metal e Rock, desde pequena. Quando eu tinha meus 12 anos, ok, eu ouvia Guns ‘n’ Roses, Skid Row, Poison e Warrant. (Tá, antes disso eu ouvia Xuxa provavelmente). Lá pelos 14 anos eu fui no meu primeiro show: Soul Asylum. Depois disso, foram todos os tipos de show: Megadeth (várias vezes!), Iron Maiden, Sex Pistols, Monsters of Rock, Gamma Ray, Helloween, Stratovarius, Smashing Pumpkins, Green Day, Bush, Epica, Within Temptation, Nightwish, Angra, etc. Hoje eu ouço principalmente Heavy Metal Melódico e Gothic Metal. Além de outras coisas divertidas como Jpop e a trilha sonora do Glee. O metal melódico de alguma forma sempre me deixou tão feliz e sempre foi tão perfeito que não tinha como ser meu tipo de música favorito. A influência de música clássica, as melodias bem feitas, os teclados, cravos, o vocal super afetado ou lírico, as letras poéticas ou estúpidas… tudo lindo. Não vejo muito sentido em falar de guerras, ogros e vikings maus, mas gosto de boa parte das letras do melódico. É muita diversão!

Eis que eu me vejo com o desafio de cantar uma música que fala para pular no tigre porque eu sei que ele é mau. Isso foi das coisas mais brochantes! O metal é ridículo em muitos momentos, mas o problema não foi o tigre, coitado, foi mais que eu não consegui ser macha para deixar a música legal. É uma pena, mas eu sou meio menininha mesmo.

Agora para quem me conhece, na vida ou nos karaokês, dêem uma olhada no vídeo abaixo e vejam se eu me encaixo bem no lugar desse careca tatuado com colete de espinhos. Aguardo opiniões!