Mês: julho 2009

Transições

Infelizmente acho que não vou conseguir postar muitas coisas aqui por enquanto! São muitas novidades agora (o que é muito bom!), mas ainda estou aprendendo a lidar com todas as coisas novas. Casa nova, vida nova, trabalho novo. Além disso, ainda estou sem computador, tanto em casa, como no novo trabalho… Então tudo depende do meu Iphone, e definitivamente ele não resolve tooodos os problemas (mas ajuda um bocado!!).

Depois de todos os problemas com a Dell, a história toda alcançou um ápice: um sinistro! O caminhão foi roubado e meu notebook novinho foi embora. Mas enfim, Murphy é assim mesmo. Agora tenho que ter paciência.

Agora quero só colocar a cabeça no lugar, me cuidar, cuidar da casa, do meu amor, de tudo, sobreviver ao novo trabalho e a todos os workaholics. Socorro!

Anúncios

Rent – La vie bohème

Quando voltou de NY, o Fau me trouxe presentes liindos e, no meio deles, tinha o songbook de Rent. Desde então, eu estava ansiosa para mostrar pra ele o filme (já que o teatro em si não é tão fácil em São Paulo!). Assistimos no fim de semana e agora virou vício (de novo) 🙂

Rent é uma obra de teatro musical baseada na famosíssima ópera La Bohème, de Puccini. Ambas tentam retratar um pouco dos artistas e músicos vivendo com as dificuldades e a beleza características da época e da vida boêmia. Aliás essas frases tão ficando meio estranhas, mas acho que vocês entendem. Em Rent, a tuberculose é substituída pela AIDS. Paris do séc. XIX, por NY, anos 80.

Bom, eu sou meio suspeita mas eu gosto muito das duas obras. Para quem não tem preconceito contra musicais e contra óperas, assistam as duas (em DVD, e se puderem, no teatro). O filme de Rent não é tão bom quanto o teatro, obviamente, mas dá pra sentir e aproveitar bem! Os personagens são super cativantes, as músicas, divertidíssimas. Os atores não gosto de todos, mas vale a pena.

E ópera é ópera. Não vou discutir muito, porque eu adoro, mesmo sem saber explicar as coisas. Para quem quiser saber um pouco, o livro “Opera for dummies” é muito engraçado e traz coisas legais. Ah e tem também o ótimo videozinho “All the Great Operas in 10 minutes”:

Bom, inspirem-se e divirtam-se.

Abaixo, tabela legal do wikipedia!

Character in La bohème Character in Rent Voice type
Mimi, a seamstress with tuberculosis Mimi Márquez, an exotic dancer with HIV Mezzo-Soprano
Rodolfo, a poet Roger Davis, a songwriter who is HIV positive Tenor
Marcello, a painter Mark Cohen, a filmmaker Baritone
Musetta, a singer Maureen Johnson, a bisexual performance artist[8] Mezzo-Soprano with Belt
Schaunard, a musician Angel Dumott Schunard, a gay drag queen percussionist with AIDS Tenor / Sopranist
Colline, a philosopher Tom Collins, a gay philosophy professor and anarchist with AIDS Baritone / Tenor
Alcindoro, a state councilor Joanne Jefferson, a lawyer, who is a lesbian (Also partially based on Marcello) Alto / Mezzo-Soprano
Benoit, a landlord Benjamin ‘Benny’ Coffin III, the local landlord and a former roommate of Roger, Mark, Collins, and Maureen Baritone

Winter Blues

Because the sky is blue, it makes me cry…

Às vezes acho bom postar mesmo a realidade e desencanar do que o mundo bizarro e os preconceitos vão pensar. Aliás, prefiro escrever como estou mesmo e parar de fingir que estou só saltitando de felicidade para que meus amigos também entendam que às vezes eu sumo ou tenho comportamentos suspeitos apenas porque não estou tão bem e preciso de um pouco de recolhimento. Todo mundo tem suas fases, a diferença é que a gente sempre se esconde atrás do que pode. No orkut, flickr ou coisas assim, a gente só vê fotos de pessoas felizes, casando, se formando, se embebedando etc. Tentamos sempre mostrar só o lado mais bonito. Talvez seja para deixar o mundo mais bonito, mas também às vezes para nos escondermos.

O engraçado é que no twitter é o contrário, uma grande tendência é reclamar e desabafar, nem sempre ficar dando só notícias bonitas.

E é ótimo que exista um pouco de tudo. Obviamente eu não concordo com aqueles exageros de tristeza, agressividade, sujeira, falta de ética, exposição excessiva de coisas absurdas. Mas eu sou totalmente a favor da sinceridade das pessoas, que sabem se mostrar da forma que desejam, sem ferir ninguém, sem ferir a si mesmo, sem mentir, simplesmente mostrando um pouco de humanidade. Desabafar é bom mesmo. Sei lá, viva os desabafos e as verdades. E viva o mundo bonito, do jeito que ele é.

Inverno

Eu nasci logo após o equinócio da primavera e confesso que gosto muito mais da primavera e do verão do que do inverno. O inverno tem seu charme, eu gosto de dias friozinhos com céu azul. Adoro ficar quentinha debaixo do cobertor tomando chá e assistindo DVD. Mas ai ai, esses dias de inverno frios, feios, com aquele céu branco ou cinzento me deixam de mau humor. Todos deveriam ficar em casa dormindo! Não é à toa que existe aquela depressão sazonal ou depressão de inverno. Aqui no Brasil é menos ruim, mas isso só lembra a gente do quanto é importante tomar um pouco de sol, ou pelo menos tentar não ficar preso dentro de quatro paredes o dia todo. Se os presos têm direito a banho de sol, acho que os trabalhadores e executivos etc também deveriam ter hehehe.

Bom, então, tomem um pouco de sol! Não fiquem dentro de casa ou de um shopping quando é feriado ou fim de semana e está um dia lindo lá fora.

May it be

Ontem finalmente treinei canto pela primeira vez na nossa casa nova! Resolvi treinar “May it be”, ela é simplesmente linda. Acho que fiquei até emocionada demais, tava me atrapalhando um pouco, acho que deve  ser porque eu to cheia de coisa para pôr pra fora. Mas tudo está acontecendo aos poucos. Vamos lá. Vejam a versão Lisa Kelly e versão Hayley Westenra.

Haja fé

Bom, agora que a mudança está quase concluída, o desejo e desespero por um novo trabalho vai ficando beem grande. Mas, bem, já fiquei desempregada loongos períodos. Em 2007 por exemplo fiquei desde janeiro até agosto. Nesse período terminei a dissertação, defendi, fiz muitos bicos e assisti muitos animes. Foram praticamente 8 meses.

Hoje faz mais ou menos uns 3 meses que estou de “férias”. Acho que um trimestre está mais do que bom, não? Agora vou fazer um plano estratégico gigante para conseguir alguma coisa, nem que seja ficar entregando jornal em evento, igual fiz em 2007.

Acho que todos deveriam ter férias prolongadas no inverno!! Tá muito friooooo. Mas agora já está mais do que na hora. Desejem-me sorte!

Casa, Eletrodomésticos etc

hehehe

Agora tudo que tenho feito é pesquisar como lavar roupa, qual a melhor marca de ferro de passar, aspirador, preços de comida, acessórios etc! Então vou acabar falando dessas coisas no blog por enquanto. Foram semanas ligando e recebendo mil prestadores de serviço, encomendas, levando canos, vendo preços etc. É mega comum levar o cano de certas empresas, ainda mais quando eles dão prioridade para empresas e os usuários domésticos são ignorados e mal atendidos. É comum também algumas empresas marcarem um horário e errarem… Mas por sorte até que pegamos empresas super pontuais e decentes.

Piso

Levei o cano de duas empresas que fazem reforma de piso. Acabei ficando com a GF Aplicadora, que chegou direitinho no horário e aceitaram fazer o piso da sala, coisa que ninguém queria fazer porque o valor que eles ganham é pequeno. Aplicando bona ficou bom… Fez a maior sujeira do mundo, tem pó até nos cantinhos do teto mais impossíveis. Mas se vc tiver dinheiro vale mais a pena pegar aquelas empresas que não fazem toda essa sujeira.

Aquecedor a gás

Quase eu ia comprar na Leroy Merlin ou na C&C, mas os vendedores não sabem muita coisa, não tem muito produto e fica complicado. Acabei comprando na Multiaquecedores, o atendimento foi ótimo e os caras honraram os horários marcados direitinho. Ah sim, e quanto a marcas, melhor a Rinnai, Lorenzetti acho. Nenhum é perfeito e mesmo a Rinnai já matou pessoas no Japão, mas a Rinnai é muito bem vista pelo jeito.

Leroy Merlin x C&C

A Leroy Merlin tem preços muito bons em alguns produtos e em outros nem tanto. Mas no geral compramos muito mais coisas na Leroy do que na C&C. A variedade é maior e muitas coisas saíam mais baratas. O único porém é que ficávamos um século para conseguir as mercadorias. Muita fila, desorganização. Na C&C entregaram direitinho em casa o revestimento, até antes do previsto, e até ligaram no meu telefone para conferir se podia entregar. Bom, tudo deve ser questão de sorte, mas são empresas boas.

Afe, tenho tanta coisa pra falar ainda, mas fica pra um próximo capítulo! hehehhe

Depois ponho fotos dos resultados.